4 manutenções para fazer na bike

4 manutenções para fazer na bike

Depois de adquirir a bike dos seus sonhos, é preciso tomar cuidado com o seu uso. Além de respeitar as recomendações de cada fabricante, vale ficar de olho em diversos componentes. Com a utilização, alguns itens começam a demandar uma atenção ainda mais especial. Então, é interessante conhecer as manutenções para fazer na bike.

O ideal é que as manutenções sejam executadas por profissionais, mas é importante que você se informe a respeito de algumas. Desse jeito, é possível garantir o melhor aproveitamento da sua bike.

Na sequência, veja quais são 4 manutenções para fazer na bike e tire as suas dúvidas!

1. A limpeza do quadro da bicicleta ajuda a conservá-la

O quadro nada mais é que a “estrutura” da bike. Ele é feito de metal e está relacionado com o equilíbrio e com o seu funcionamento. Portanto, exige cuidados especiais para estar em dia.

Uma das manutenções para fazer na bike é a limpeza do quadro. Utilize produtos neutros, como água e sabão, para limpar a área. Repita o processo sempre após o uso, para impedir o acúmulo de sujeira. Aproveite e faça a limpeza da corrente com os produtos recomendados por cada fabricante. Tome cuidado para não colocar água dentro do quadro, pois como não irá secar há o risco de oxidação.

Desse jeito, você ajuda a conservar a pintura, mantém o visual em dia e evita problemas de desalinhamento ou funcionamento incorreto. Como eles podem ser causados pelas sujeiras, essa é uma tarefa importante.

2. A calibragem dos pneus é outra entre as manutenções para fazer na bike

Os pneus auxiliam a dar equilíbrio e a garantir a performance da bicicleta. Assim como acontece com um carro, se estiverem vazios, aumentam os riscos de acidente. Então, é preciso ficar de olho.

Se já tiver pedalado bastante ou utilizado os pneus em condições adversas, é fundamental fazer a calibragem. Basta adicionar ar para ampliar a pressão, dentro dos limites do fabricante. Conhecer esse número permite não estourar a câmara.

Mas se o pneu estiver desgastado e até furado ou rasgado, o jeito é trocá-lo por um novo. Dessa forma, é possível ter um desempenho bem melhor!

3. A verificação dos freios de disco garante a segurança

Imagine pedalar e, ao entrar em uma curva, precisar dos freios. Só que na hora em que aciona o sistema de frenagem, percebe que a bike não vai parar. Complicado, não é mesmo?

Muitas vezes, isso acontece pela falta de manutenção nos freios. Com o uso, eles se desgastam e devem ser trocados. Então, uma dica é analisar as pastilhas e os discos de freio. Se estiverem arranhados ou desgastados, é o momento de fazer a substituição — o que pode ser realizado em um local especializado.

4. A troca de peças pode garantir mais conforto

Certos itens precisam de atuação profissional, mas outros são bem fáceis de instalar. Por isso, as manutenções para fazer na bike incluem mudar alguns produtos para melhorar a experiência.

Às vezes, vale a pena trocar o selim por um mais aerodinâmico ou confortável. Em outros casos, a substituição do pedal ajuda a garantir uma experiência agradável. Como, normalmente, só é necessário mexer em alguns parafusos, a troca em casa pode ser uma possibilidade.

Conhecer as manutenções para fazer na bike é essencial para conseguir bons resultados. Assim, você poderá cuidar de cada item da melhor forma e obter um ótimo desempenho.

Quer outras dicas sobre o mundo do pedal? Acompanhe nossas publicações no Facebook e fique atualizado!

Adicionar um comentário


Cadastre-se na Newsletter
X

Receba nossos conteúdos por e-mail.
Clique aqui para se cadastrar.