4 manutenções para fazer na bike

4 manutenções para fazer na bike

Depois de adquirir a bike dos seus sonhos, é preciso tomar cuidado com o seu uso. Além de respeitar as recomendações de cada fabricante, vale ficar de olho em diversos componentes. Com a utilização, alguns itens começam a demandar uma atenção ainda mais especial. Então, é interessante conhecer as manutenções para fazer na bike.

O ideal é que as manutenções sejam executadas por profissionais, mas é importante que você se informe a respeito de algumas. Desse jeito, é possível garantir o melhor aproveitamento da sua bike.

Na sequência, veja quais são 4 manutenções para fazer na bike e tire as suas dúvidas!

1. A limpeza do quadro da bicicleta ajuda a conservá-la

O quadro nada mais é que a “estrutura” da bike. Ele é feito de metal e está relacionado com o equilíbrio e com o seu funcionamento. Portanto, exige cuidados especiais para estar em dia.

Uma das manutenções para fazer na bike é a limpeza do quadro. Utilize produtos neutros, como água e sabão, para limpar a área. Repita o processo sempre após o uso, para impedir o acúmulo de sujeira. Aproveite e faça a limpeza da corrente com os produtos recomendados por cada fabricante. Tome cuidado para não colocar água dentro do quadro, pois como não irá secar há o risco de oxidação.

Desse jeito, você ajuda a conservar a pintura, mantém o visual em dia e evita problemas de desalinhamento ou funcionamento incorreto. Como eles podem ser causados pelas sujeiras, essa é uma tarefa importante.

2. A calibragem dos pneus é outra entre as manutenções para fazer na bike

Os pneus auxiliam a dar equilíbrio e a garantir a performance da bicicleta. Assim como acontece com um carro, se estiverem vazios, aumentam os riscos de acidente. Então, é preciso ficar de olho.

Se já tiver pedalado bastante ou utilizado os pneus em condições adversas, é fundamental fazer a calibragem. Basta adicionar ar para ampliar a pressão, dentro dos limites do fabricante. Conhecer esse número permite não estourar a câmara.

Mas se o pneu estiver desgastado e até furado ou rasgado, o jeito é trocá-lo por um novo. Dessa forma, é possível ter um desempenho bem melhor!

3. A verificação dos freios de disco garante a segurança

Imagine pedalar e, ao entrar em uma curva, precisar dos freios. Só que na hora em que aciona o sistema de frenagem, percebe que a bike não vai parar. Complicado, não é mesmo?

Muitas vezes, isso acontece pela falta de manutenção nos freios. Com o uso, eles se desgastam e devem ser trocados. Então, uma dica é analisar as pastilhas e os discos de freio. Se estiverem arranhados ou desgastados, é o momento de fazer a substituição — o que pode ser realizado em um local especializado.

4. A troca de peças pode garantir mais conforto

Certos itens precisam de atuação profissional, mas outros são bem fáceis de instalar. Por isso, as manutenções para fazer na bike incluem mudar alguns produtos para melhorar a experiência.

Às vezes, vale a pena trocar o selim por um mais aerodinâmico ou confortável. Em outros casos, a substituição do pedal ajuda a garantir uma experiência agradável. Como, normalmente, só é necessário mexer em alguns parafusos, a troca em casa pode ser uma possibilidade.

Conhecer as manutenções para fazer na bike é essencial para conseguir bons resultados. Assim, você poderá cuidar de cada item da melhor forma e obter um ótimo desempenho.

Quer outras dicas sobre o mundo do pedal? Acompanhe nossas publicações no Facebook e fique atualizado!

Bicicletas para iniciantes: 5 dicas para escolher a sua

Bicicletas para iniciantes: 5 dicas para escolher a sua

Quem quer, começar a pedalar por aí precisa escolher uma dentre as muitas opções de bicicletas para iniciantes disponíveis no mercado atualmente. Mas isso pode não ser muito fácil, não é mesmo?

São diversas alternativas, modelos diferentes, tamanhos de quadros variados, pneus específicos e outros fatores. Então, como fazer uma escolha consciente sendo um iniciante?

É isso que nossas 5 dicas vão explicar no artigo de hoje. Portanto, siga a leitura!

1. Entenda para que você gostaria de ter uma bike

Existem dezenas de modelos de bicicletas para iniciantes. Cada um mais voltado para um cenário, estilo de ciclista ou momento específicos. Isso pode fazer com que as opções sejam muitíssimas, e você entra no paradoxo da escolha: existem tantas alternativas que não dá para escolher.

A melhor maneira de lidar com isso é começar a diminuir o leque de opções. Para isso, defina qual será o uso que dará para a bicicleta. Você quer uma bike para ir trabalhar e voltar para casa? Ou um equipamento para se aventurar nas montanhas? Talvez uma bicicleta para passeios leves no parque?

Ao determinar com clareza o uso da sua bicicleta, vai poder excluir das opções aquelas que são dedicadas a outros cenários e, ficará mais fácil de escolher a sua.

2. Pesquise muitos modelos de bicicletas para iniciantes

Depois que souber o tipo de bicicletas para iniciantes que pretende usar, é hora de pesquisar entre as diferentes opções disponíveis para você.

Não fique preso às marcas mais famosas do mercado. Vá mais a fundo, busque na Internet por opções e converse com amigos ciclistas para entender quais empresas e modelos eles recomendam para o seu perfil e gosto pessoal.

3. Lembre-se de que o barato pode sair caro

Um dos principais erros cometidos ao escolher uma bicicleta para iniciantes é pensar que é melhor economizar e investir pouco dinheiro na sua primeira bike. O pensamento até tem alguma lógica. Afinal, se é a sua primeira bicicleta, vale a pena pagar pouco para se acostumar e depois comprar uma melhor, não é mesmo?

Todavia, a experiência diz que as coisas não funcionam bem assim. Uma bicicleta de má qualidade, com o selim desconfortável, sistema de freio duro e mais pesada do que o necessário, pode criar uma má experiência para o ciclista iniciante. Por isso é interessante escolher uma bicicleta com um excelente custo-benefício, que permita uma experiência de uso confortável e agradável.

4. Teste as bicicletas para iniciantes, se possível

Antes de fechar a compra da sua bicicleta, tente testá-la em algum lugar, se possível. Caso você consiga ir até à loja física que vende o modelo selecionado, por exemplo, peça para testar um pouco a bike.

Se conhecer alguém que tem o mesmo modelo, melhor ainda! Peça ao amigo para poder dar umas voltas e testar como a bicicleta se comporta com você. Assim, pode sentir como é o sistema de freio, o conforto do selim, o peso do equipamento e outros detalhes importantes.

5. Saiba o que importa e o que não importa numa bike

Um dos erros mais cometidos por iniciantes é se preocupar com algumas coisas que não importam tanto assim em uma bicicleta, especialmente uma para novatos.

Por vezes, os iniciantes cismam com detalhes como o número de marchas, por exemplo. A verdade é que não importa quantas marchas a bicicleta tem, mas sim a precisão na troca.

Já o material das peças importa muito, especialmente pelo peso e durabilidade da bicicleta. Nesses casos, o mínimo recomendado é uma bike com quadro de alumínio, que tem um bom equilíbrio entre peso e resistência.

Seguindo essas dicas, vai ficar mais fácil selecionar o modelo ideal para você, dentre todas as opções de bicicletas para iniciantes. Lembre-se de escolher uma loja de confiança e usar equipamentos de segurança. Assim, você pode começar pedalar com segurança!

Se gostou das nossas sugestões, curta a nossa página no Facebook para acompanhar outras dicas sobre o mundo das bikes que publicamos por lá. E se você está buscando a sua primeira bike, acesse o nosso site e escolha o melhor modelo baseado nas dicas que damos aqui!

Grupo de ciclismo: 4 vantagens de pedalar em grupo

Grupo de ciclismo: 4 vantagens de pedalar em grupo

Para pedalar, não é preciso ter nada além da sua bike e os equipamentos de segurança. Para muitos, isso parece sinônimo de uma atividade solitária. Mas não precisa ser assim. Se quiser companhia, dá para apostar em integrar um grupo de ciclismo.

Com essa escolha, você tem a chance de pedalar com outras pessoas e aproveitar diversas vantagens. Não é por acaso que há cada vez mais possibilidades desse tipo pelas cidades em todo o Brasil e mundo. Mas, afinal, o que existe de tão vantajoso?

Na sequência, veja quais são os maiores benefícios de pedalar de forma coletiva e saiba por que vale a pena se juntar a um grupo de ciclismo.

1. A segurança fica maior ao pedalar em grupo

Especialmente nas grandes cidades, é normal ter receios na hora de andar de bike sozinho. Logo pela manhã ou à noite, quando não há expediente de trabalho, o medo é ainda maior. Afinal, a violência urbana é uma realidade. Para isso, pedalar em grupo pode ser uma ótima ideia.

Ao pedalar em grupo, há muito mais segurança porque todos cuidam uns dos outros. Como os ciclistas ficam menos vulneráveis, não se tornam alvos de ações do tipo.

Além disso, a proteção no trânsito aumenta. Para quem começa agora, é um jeito de ganhar autoconfiança e se acostumar a pedalar nas vias da cidade, mesmo com vários veículos ao redor.

2. O interesse em comum possibilita fazer novos amigos

Participar de um grupo de ciclismo é, também, uma atividade social. Durante essa prática, você tem a chance de interagir e conhecer novas pessoas. Com o relacionamento pessoal favorecido, há a oportunidade de fazer amizades.

Não dá para ignorar que todos compartilham, ao menos, um interesse em comum: o amor pelo pedal. Então, as chances de se dar bem com os participantes são elevadas e é possível expandir o seu círculo de amizades.

3. A motivação é maior com um grupo de ciclismo

Ao pedalar sozinho, é natural que você se sinta cansado com facilidade. Sem ninguém para incentivá-lo, é comum deixar aquele quilômetro extra para o outro dia ou até não sair de casa quando está frio, ou chovendo. Ao integrar um grupo de ciclismo, isso tende a ficar diferente.

Você não será obrigado a participar ou ir mais longe, mas vai se sentir motivado. Afinal, com tanta gente focada no objetivo, dá para aproveitar essa energia e ter vontade de ter novas conquistas.

Além disso, é fácil criar o hábito de andar de bike algumas vezes na semana. Ao colocar essa ação em seu cotidiano, é possível ter um desempenho cada vez melhor.

4. O compartilhamento de experiências dá origem a dicas valiosas

Por mais que você pesquise sobre o pedal, há alguns conhecimentos que só são obtidos pela prática. Aquela rota na sua cidade, o uso diferente de um modelo de bike ou a oferta de um capacete são apenas alguns exemplos. Ao estar em um grupo de ciclismo, terá acesso a todas essas dicas.

Com a troca valiosa de experiências, você vai aprender cada vez mais sobre o ciclismo, seus truques e formas de obter bons resultados. Assim, todos saem ganhando.

Como já deu para perceber, integrar um grupo de ciclismo é uma ótima oportunidade para aproveitar o pedal de um jeito único. Fazendo amigos, conhecendo novas rotas e equipamentos, e o melhor, com mais segurança. Ao conhecer essas vantagens, dá para entender por que é tão interessante curtir essa possibilidade. Procure um grupo na sua cidade e aproveite todos esses benefícios.

Ama o ciclismo como nós? Então, não deixe de curtir a nossa página no Facebook para ficar por dentro das nossas dicas e promoções.

Confira os 4 principais modelos de bike Vikingx

Confira os 4 principais modelos de bike Vikingx

A bike VikingX é uma das favoritas para quem pratica mountain bike. Com materiais resistentes e excelente desempenho, também apresenta cores diferenciadas e uma sensação única.

Outro grande benefício ao adquirir um modelo dessa marca, é a possibilidade de escolher entre várias versões. Para quem não tem tanta experiência, entretanto, pode ser um desafio saber qual selecionar.

Para que não restem dúvidas, nada melhor que conhecer os modelos principais. Por isso, veja quais são as boas pedidas da bike Vikingx e explore as suas características!

1. Aro 26 Vikingx Freio a Disco Mecânico

Para começar, vale considerar um modelo campeão de vendas, por conta de sua versatilidade e atendimento às principais exigências. O modelo Aro 26 Vikingx Freio a Disco Mecânico é do tipo aro 26 e apresenta 21 velocidades.

Tem uma suspensão de 80 mm e um quadro de 13,5. O guidão é feito de alumínio preto, enquanto o selim é do tipo premium. A alavanca é uma V Fire Tipo EF51 7V e o freio é do tipo a disco mecânico. Com isso, traz bom controle e leveza na hora de encarar os diversos terrenos.

2. Aro 26 Vikingx Câmbios Shimano

Para quem busca um excelente custo-benefício, a marca também oferece boas opções. A Aro 26 Vikingx Câmbios Shimano, como o nome indica, tem um aro 26 da Vmaxx.

O freio é a disco mecânico e o quadro de 13,5 é feito de alumínio. O grande diferencial desse modelo é o câmbio dianteiro é um Shimano TZ30 e o traseiro, um TZ50. Isso garante muita confiabilidade e segurança na “pilotagem” dessa que é uma ótima bike Vikingx.

3. Aro 26 Vikingx Freio Hidráulico

Já para quem procura máximo desempenho, poderá recorrer a um modelo especial da marca. A Aro 26 Vikingx Freio Hidráulico aparece entre as mais vendidas e não sem motivo, já que ajuda a obter uma performance única.

Os câmbios da Shimano melhoram o controle e, assim, como as outras, o Aro é 26 da Vmaxx. O quadro de 13,5 é feito com alumínio resistente e os pedais, com um plástico especial.

Além das 21 velocidades, apresenta freio hidráulico GTA. Esse sistema de frenagem garante precisão e reforça a segurança, o que é essencial em percursos de mountain bike.

4. Aro 26 Vmaxx Spinner 300

Os ciclistas que procuram uma opção que seja top de linha também podem recorrer a uma bike da Vikingx. O modelo Aro 26 Vikingx Vmaxx Spinner 300 oferece um desempenho acima da média e muita satisfação. O freio é a disco mecânico e o aro é de 26. O quadro é feito de alumínio e os câmbios são da Shimano. A diferença está ligada à suspensão.

Ela é do tipo Spinner 300 e corpo de alumínio de 100 mm. Ela conta com grande durabilidade e favorece a conquista de uma performance consistente. Com isso, torna-se um excelente investimento.

Conhecer os diversos modelos da bike Vikingx é essencial para fazer boas escolhas. Com a seleção da que melhor se encaixa às suas necessidades é possível obter segurança, ótimo desempenho e máximo conforto.

Não perca nenhuma novidade do mundo sobre duas rodas! Curta nossa página no Facebook para acompanhar nossas publicações!

4 vantagens de ter uma bike personalizada

4 vantagens de ter uma bike personalizada

Na hora de adquirir uma bicicleta, é fundamental pensar em alguns aspectos. É preciso que ela seja voltada para a atividade desejada, além de ter as características necessárias ligadas à qualidade. Você sabia que é possível comprar uma bike personalizada?

Ao encontrar uma boa loja, dá para fazer um pedido especial para as suas exigências. Ao receber o seu produto, você poderá aproveitar diversos benefícios dessa aquisição.

Quer conhecer quais são? Então, veja quais as vantagens de ter uma bike personalizada e entenda o motivo de valer a pena!

1. O conforto é muito maior nesse modelo

Ter a bicicleta nas condições adequadas faz com que o ato de pedalar seja mais fácil e natural. Com a altura certa do selim, por exemplo, você consegue ter um bom desempenho sem precisar de tanto esforço. Como resultado, a experiência fica confortável.

Com uma alternativa customizada, isso é viável. Ela é planejada de acordo com todas as suas necessidades, da dimensão do aro ao tamanho de certos componentes. Desse jeito, é possível deixar tudo agradável e com facilidade de pedalar.

2. O risco de lesões é menor em uma bike personalizada

Uma bicicleta com as características incorretas não é apenas desconfortável, como também pode causar problemas para o seu corpo. Um selim muito baixo, por exemplo, aumenta a probabilidade de lesões na coluna e nos joelhos.

A bike personalizada é, justamente, um meio de adaptar o veículo às suas exigências. Dependendo da sua altura e das características do modelo, é possível obter resultados que se encaixam na sua utilização e que garantem uma proteção extra para o organismo. Com riscos menores de lesões, você tem a chance de pedalar sem problemas extras.

3. A escolha de elementos é completa nessa compra

Como visto, a bike personalizada é voltada para o atendimento de necessidades específicas. Do tamanho do aro e da altura do selim às cores da estrutura, é possível selecionar tudo o que tem a ver com as suas exigências.

É a melhor oportunidade de encontrar algo que se adapta completamente às suas demandas e ao uso no seu cotidiano. Na prática, isso torna a experiência única e faz com que você se sinta ainda mais motivado para utilizar a sua bicicleta ao longo do tempo.

4. A sensação de exclusividade é outro aspecto positivo

Também não dá para negar que ter uma bike totalmente personalizada é uma questão de estilo e de satisfação pessoal. Afinal, se ela é feita para as suas demandas, trata-se de uma peça exclusiva e de caráter diferenciado.

Ao pedalar por aí, poderá exibir a sua bicicleta com características especiais e que reforçam essa sensação. Para completar, é um jeito de ter um atendimento personalizado e que é bem satisfatório, por parte da loja.

A bike personalizada é uma solução repleta de benefícios, desde o cuidado com o bem-estar até o nível de estilo e exclusividade. Com a escolha adequada, você tem a chance de pedalar com muito mais conforto e com uma proposta diferenciada!

Gostou de conhecer essa possibilidade? Compartilhe o post nas suas redes sociais e deixe os seus amigos por dentro do tema! Aproveite também para curtir nossa página no Facebook.

Bicicleta aro 29: qual marca escolher?

Bicicleta aro 29: qual marca escolher?

A bicicleta aro 29 oferece bons resultados para quem busca praticar exercícios e, principalmente, para quem curte se aventurar no mountain bike. O aro do pneu garante um conforto extra, além de permitir uma troca fácil quando for necessário.

Depois de definir que esse é o modelo ideal para você, é hora de pensar na marca. Afinal, com tantas opções no mercado, nem sempre é fácil saber como fazer o melhor investimento, não é?

Para que não restem dúvidas sobre o que levar para casa (e para as ruas), descubra em nosso post como escolher a marca da sua bicicleta aro 29!

Entenda qual é o seu nível de experiência

É essencial começar avaliando qual é a sua experiência em praticar mountain bike. Se você já tem um modelo antigo e busca algo profissional, vale investir um pouco mais, em uma marca voltada para competições. No entanto, caso inicie agora, pode ser interessante recorrer a um modelo um tanto básico.

É claro que, em qualquer situação, é preciso prezar pela qualidade e pelo conforto de uso. Contudo, não vale a pena comprar algo inicial se você já estiver à procura de mais desempenho — ou vice-versa.

Não abra mão da qualidade

Especialmente quando a bicicleta aro 29 vai ser utilizada em trilhas e terrenos diferenciados, é indispensável que ela apresente o máximo de segurança. Afinal, qualquer descuido pode resultar em acidentes ou em perda de performance.

Para que nenhum dos quadros se concretize, não deixe de avaliar a qualidade. Prefira uma marca que use materiais adequados e que tenha processos de fabricação reconhecidos. A intenção é adquirir um produto que vai durar bastante tempo e, principalmente, que vai oferecer a proteção necessária.

Pense nas peças de reposição da bike

Por melhor que seja a sua bicicleta aro 29, é natural que ela tenha que passar por manutenções frequentes. Especialmente com os grandes impactos do mountain bike, é normal ter que fazer algumas substituições ou consertar certos elementos. Por causa disso, é essencial poder contar com a facilidade de achar as peças.

Ao pensar na marca, veja se é simples encontrar itens de reposição ou se é preciso esperar um longo período. Essa análise trará maior segurança e evitará que você tenha que aguardar demais em futuros consertos.

Acerte na escolha da loja da sua bicicleta aro 29

Tão importante quanto selecionar corretamente a fabricante é recorrer à loja adequada. Afinal, os estabelecimentos são os revendedores da marca e é preciso ter segurança para tomar a melhor decisão.

Se quiser o máximo de conveniência, opte por adquirir online. Mas para não encarar imprevistos, garanta que o site é legítimo. Confira as opiniões de quem já comprou e veja se todos os recursos de proteção estão disponíveis.

Também vale a pena pensar em uma loja que personalize a sua bicicleta aro 29 Independentemente da marca, essa característica oferece ainda mais conforto e uma experiência única. Então, é oportuno considerar esse ponto!

A bicicleta aro 29 é ideal para vários estilos de ciclistas. Para comprar a sua, avalie a fabricante que se encaixa melhor em suas necessidades. Além de tudo, não se esqueça de acertar na escolha da loja para não se arrepender!

Para ter muitas outras dicas como essas, curta a nossa página no Facebook e fique sempre por dentro das novidades do blog!

4 modelos de bicicleta ideais para mountain bike

4 modelos de bicicleta ideais para mountain bike

No Brasil, os modelos de bicicleta para mountain bike encontram grande sucesso no mercado. Essas bicicletas podem ser utilizadas em praticamente qualquer terreno. Servem tanto para a cidade quanto para as pedaladas em terrenos mais agressivos e acidentados, como trilhas e estradas de terra.

Elas trazem pneus mais largos e cheios de cravos para ganharem estabilidade em terrenos irregulares. Além disso, ainda podem ser equipadas com sistemas de amortecimento, como a suspensão nas duas rodas ou só na frente.

Ficou interessado? Você gosta desse estilo de bicicleta? Continue a leitura e conheça 4 modelos de bicicleta para mountain bike.

1. Mountain Bike Hardtail

Entre os modelos de bicicleta para mountain bike, esse tem destaque para usar em terrenos muito irregulares. Ela é bem resistente para conseguir aguentar todos os trancos que recebe pelo percurso. Seus pneus são bem largos para garantir a aderência e possui suspensão apenas na roda da frente.

O quadro costuma ser fabricado em fibra de carbono, chrome, liga de alumínio ou titânio para que seja leve e resistente. Elas podem ter entre 10 e 30 marchas. Tudo vai depender da modalidade que você vai praticar. O mesmo acontece com o tamanho do aro.

2. Mountain Bike de Cross Conntry full suspension

A diferença dessa bike para a anterior é a suspensão. Esse modelo tem sistema de amortecimento nas duas rodas. Essa suspensão serve para deixar a bicicleta macia. Assim o atleta pode pedalar sentado nos terrenos.

Como no Cross Country, as corridas são longas e com muitas variações no terreno. Esse conforto a mais acaba sendo uma tremenda vantagem.

3. Mountain Bike para Downhill

As bicicletas para Downhill trazem a suspensão nas duas rodas. No entanto, ao contrário da full suspension comum, o curso das suspensões é maior para aguentar impactos a velocidades bem altas.

Outra diferença é o peso. Elas são bem mais pesadas que os demais modelos! Isso porque, como o Downhill é uma modalidade em que o ciclista precisa descer morros em alta velocidade, as bikes precisam ter um peso maior para que o atleta tenha estabilidade para pedalar mais rápido na descida.

4. Mountain Bike All Mountain

Esse é um dos modelos de bicicleta para mountain bike mais versáteis. É projetado para ser leve quando usado em subidas e resistente para as descidas radicais. Sua suspensão é de curso médio e, geralmente, apresenta uma trava para as subidas.

Vale observar que é importante que essas bikes tenham canotes hidráulicos. Sua função é mais recreativa, ou seja, é o modelo ideal para andar com os amigos aos finais de semana.

Há muitos modelos de bicicleta para mountain bike. Tudo vai depender da modalidade que você pratica e do nível de evolução em que se encontra. Pode ser que não valha a pena investir em uma bicicleta muito tecnológica, se você está começando agora. Além de não conseguir aproveitar todas as suas funções, o investimento acaba sendo um pouco alto.

Na hora de escolher sua bicicleta considere sua altura, a frequência em que pratica o esporte e suas maiores dificuldades. Há muitos modelos intermediários excelentes para quem está começando e que exibem ótimo custo-benefício. Uma loja especializada vai saber fornecer todas as informações de que precisa!

Pronto para começar a se exercitar? Curta a página da Califórnia Bikes no Facebook e conheça muito mais sobre o assunto.

Ciclismo: confira os benefícios para a saúde

Ciclismo: confira os benefícios para a saúde

Para quem não está acostumado a se exercitar, levantar do sofá e praticar uma atividade pode ser um grande desafio. Assim, quem acha a musculação monótona, ou não gosta de ficar em ambientes fechados, pode ver no ciclismo uma solução e tanto.

Além de ser uma atividade que deve ser praticada ao ar livre, também é bastante divertida e gera incríveis benefícios à saúde. Quer saber quais os principais benefícios de praticar ciclismo de forma habitual em sua vida? Descubra logo a seguir.

Melhora o sistema cardiorrespiratório

Pedalar por longos percursos, cheios de altos e baixos, exige bastante dos ciclistas. Afinal, pulmões fracos não aguentam as ladeiras e os desafios que esse esporte demanda, especialmente pelo fato de trabalhar a maior parte do tempo com a frequência cardíaca bem alta.

No entanto, conforme você vai praticando, seu corpo começa a se adaptar. A frequência cardíaca não vai subir tanto com qualquer estímulo; e seus pulmões conseguirão acompanhar o ritmo das pedaladas.

Esse condicionamento físico é muito importante para o organismo e para sua rotina. Afinal, você precisa conseguir subir com facilidade alguns lances de escada se o elevador estiver parado, certo?

Fortalece os seus músculos

A força e o tônus muscular são muito importantes para sua estrutura corporal. Conforme o tempo vai passando, perder força é um processo natural. Para evitar que isso aconteça, as atividades físicas exibem um papel fundamental. E o ciclismo tem a capacidade de trabalhar todo o corpo de uma só vez!

Além das pernas e dos glúteos, você trabalha o abdome, os braços e os músculos das costas. Se precisar passar por algum obstáculo carregando a bike, por exemplo, ainda utiliza uma série de outros grupos musculares. O resultado é que você vai preparar um corpo mais forte e resistente.

Preserva as suas articulações

Uma das grandes vantagens que os ciclistas têm sobre os praticantes de outros esportes é o baixo índice de lesão nas articulações. O sistema de amortecimento da bicicleta, assim como as rodas, são os primeiros a receberem as pancadas. Desse modo, quando os impactos chegam até você, em geral já não são intensos o suficiente para provocar grandes prejuízos ou lesões.

Além disso, se a sua bike estiver do tamanho certo, sua postura vai contribuir para a preservação da coluna, dos pés e dos joelhos. Se existe alguma restrição com relação a atividades como correr e pular corda, o ciclismo se evidencia como uma excelente alternativa.

Reduz o estresse

Além da grande quantidade de substâncias responsáveis pelo bem-estar que são liberadas no seu corpo ao praticar atividades físicas por mais de uma hora, o ciclismo tem uma série de outros fatores responsáveis pela redução do estresse.

Como é um esporte praticado ao ar livre, você consegue conhecer lugares diferentes, conferir paisagens interessantes e, até mesmo, parar para apreciar a vista depois de algumas horas de pedalada.

Além disso, por ser bem democrático, é fácil conhecer outras pessoas e formar grupos para pedaladas, melhorando o convívio social e gerando bons momentos entre amigos.

Como se pode perceber, são inúmeros os benefícios da prática do ciclismo. Os ciclistas habituais apresentam ótima resistência muscular, fortalecimento do sistema cardiorrespiratório, além da melhora na qualidade de vida. Está esperando o que para pegar uma bicicleta e começar a praticar agora mesmo?

Quer usufruir de todos esses benefícios? Então acesse o nosso site e escolha já a sua bike!

Como a altura do banco de bicicleta influencia sua performance?

Como a altura do banco de bicicleta influencia sua performance?

Para ter um bom desempenho em cima de uma bike, é essencial cuidar de vários detalhes. Você precisa do modelo certo, bem como dos equipamentos de proteção. Até a roupa tem o poder de influenciar os seus resultados, então todo cuidado é necessário. Mas você sabia que a altura do banco de bicicleta também afeta a performance? Pois é verdade!

A maneira como você se posiciona ao sentar tem um grande impacto em todo o desempenho. Se quiser melhorar o seu tempo ou a velocidade, portanto, vale dar atenção para esse aspecto.

A seguir, descubra qual é a influência da altura do banco de bicicleta na performance e saiba como escolher corretamente.

A prevenção de lesões é o principal impacto positivo

Quando o banco — ou selim — está muito baixo, é normal que as pernas fiquem flexionadas. Isso faz com que os joelhos se dobrem de forma desnecessária, o que aumenta as dores na região. Dependendo do nível de esforço, é algo que dá origem a lesões e até rupturas de ligamentos.

Para que isso não aconteça, o selim deve ficar na posição em que apenas os calcanhares tocam os pedais. Como resultado, não ocorrem as dores, o que impede a perda de performance.

A facilidade para pedalar é outro impacto da correta altura do banco de bicicleta

Ao ajeitar corretamente o selim, ainda existe o fator em relação à realização de movimentos. Com as pernas esticadas, fica fácil executar o movimento de rotação. Isso diminui o tempo necessário e, principalmente, evita aquela sensação de pedal pesado ou que “agarra”.

Com a posição certa, ele também não fica alto demais. Então, significa que não existe a necessidade de deslocar o quadril para frente para “alcançar” o apoio para os pés. Portanto, a altura do banco de bicicleta favorece o desempenho.

O aumento da resistência é fruto da falta de desconforto

Com esse posicionamento adequado, dá para ver que você não corre o risco de lesões — nem nos joelhos, nem na coluna e nem no quadril. Também não é preciso exercer mais força que o necessário para realizar o mesmo movimento. Na prática, pedalar passa a exigir menos esforço do seu corpo.

Afastado de qualquer incômodo ou dificuldade, a resistência do organismo se eleva. Graças à altura do banco de bicicleta, dá para ir mais longe ou até aumentar a velocidade. Então, é uma configuração rápida que faz a diferença para os seus resultados gerais.

O ajuste da posição é igualmente importante para a performance

Até aqui, você viu que a mudança na altura do selim impacta o desempenho. Mas, dependendo do seu estilo, também é preciso pensar no posicionamento desse elemento.

Quem tem uma abordagem agressiva, como para competições, deve deixar o banco um tanto mais à frente. Isso projeta o corpo para a roda dianteira e otimiza toda a aerodinâmica. Se o estilo passeio é a sua alternativa ideal, recomendado melhor é deixá-lo um pouco para trás. Ao somar tal questão à altura, você garante o melhor resultado para as pedaladas.

A altura do banco de bicicleta tem grande impacto na performance de qualquer ciclista. Ao deixá-lo no posicionamento correto, é possível evitar lesões e dores, o que gera uma resistência ampliada.

Curtiu ficar por dentro dessas orientações? Compartilhe este post nas suas redes sociais e ajude seus amigos a arrumarem o selim!

Conheça as principais marcas da Califórnia Bike

Conheça as principais marcas da Califórnia Bike

A Califórnia Bike é uma empresa jovem, que se preocupa com o bem-estar das pessoas e do meio ambiente. A oferta de bicicletas de alta qualidade está associada a um suporte capacitado. Ideal para quem busca a primeira bicicleta e muita personalização, a loja oferece uma experiência diferenciada.

Para que isso seja possível, a empresa conta com algumas das melhores marcas do mercado. Ao conhecer as alternativas, fica mais fácil decidir qual estilo se adapta às suas necessidades.

Na sequência, veja quais são as principais marcas da Califórnia Bike e entenda os seus destaques de mercado!

Absolute

Com origem totalmente brasileira, a Absolute é uma das mais conhecidas do mercado. Famosa pelo design único, garante qualidade e diversificação para os ciclistas de todos os estilos.

Na Califórnia Bike, você encontra a linha Nero completa. As opções com aro 29 apresentam várias características, como 21, 24 ou 27 velocidades. Também tem freio hidráulico, câmbios e freios diferenciados em alguns dos modelos.

Byorn

Outra, entre as principais marcas da Califórnia Bike, a Byorn é conhecida por ter preços para todos os bolsos e materiais de alta qualidade.

A linha oferece diversas velocidades, presença de freio a disco ou hidráulico, suspensão, trava e muito mais. Com formato anatômico, garante conforto e bom desempenho.

First

Com modelos nas cores laranja, azul e grafite, a First também está presente. Igualmente de aro 29, os modelos são feitos de alumínio e trazem leveza e ótima distribuição do peso.

São vários conjuntos de velocidades, câmbios, freios diversos e preços adequados. Entre as melhores do mercado, as bikes da marca são ideais para quem começa agora.

GTA Nx11

Com um estilo urbano, a marca GTA oferece modelos robustos e que se tornam grandes companheiras de seus ciclistas.

Com detalhes em azul, cinza ou laranja, tem aro 29, corpos de alumínio e direção especial. A linha Nx11 ainda oferece um guidão fácil de controlar e freios com diferentes características.

High One

A High One é outra que não pode ficar de fora ao citar as principais marcas da Califórnia Bike. Os modelos são relativamente compactos, fáceis de dirigir e com aro 29.

Os detalhes aparecem em azul, verde ou vermelho, e a estrutura é composta de alumínio. Também há diversas configurações para as necessidades de cada ciclista. Como os modelos envolvem bastante tecnologia, são escolhas interessantes para quem deseja começar com o pé direito ou busca uma evolução.

Monaco

Moderna, divertida e funcional — assim é a linha Pegasus, da marca Monaco. A fabricante aparece na Califórnia Bike com opções para as diferentes exigências.

Além das versões em preto com azul e com vermelho, há a branca com vermelho. Feitas de alumínio e com aro 29, oferecem segurança, estabilidade e um preço equiparado a outras do mercado.

Vikingx

Única marca com aro 29 na loja, a Vikingx se destaca em todos os sentidos. Sua linha Tuff é especialmente voltada para quem deseja realizar manobras ou busca ainda mais velocidade, graças ao seu tamanho.

Nas cores, também é a mais diferente: preto com rosa, amarelo ou azul, roxo com laranja, azul com amarelo e verde neon são as suas opções disponíveis.

As principais marcas da Califórnia Bike têm algo em comum: a qualidade incrível. Com boas condições de pagamento e suporte completo, você tem a chance de comprar a melhor alternativa para as suas necessidades.

Curtiu o post? Acompanhe o nosso perfil no Instagram e fique por dentro de mais novidades!

Cadastre-se na Newsletter
X

Receba nossos conteúdos por e-mail.
Clique aqui para se cadastrar.